terça-feira, 11 de outubro de 2011

COMO SURGIU A GRANDE FRATERNIDADE BRANCA

Há muitas e muitas eras, esteve a Terra prestes a ser condenada à completa dissolução devido às trevas geradas pela humanidade. No intuito de salvá-la, SANAT KUMARA, um Ser de muita luz, num gesto de auto-sacrifício, abandonou o seu lar e a companhia de sua Amada Vênus e aqui se estabeleceu dando início à irradiação do Espírito da GRANDE FRATERNIDADE BRANCA. Na Bíblia, Sanat Kumara aparece como Melquisedeque, rei de Salém e sacerdote do Deus Altíssimo. Os Iniciados o chamavam Senhor do Mundo ou Ancião dos Dias.
 Muitos séculos se passaram até que Ele conseguiu encontrar duas emanações de vida que concordaram em participar da Fraternidade. Uma delas foi o próprio LORD GAUTAMA, O BUDA, hoje Senhor do Mundo; o outro Ser é hoje o CRISTO CÓSMICO ou Instrutor do Mundo, Lord Maitreya, atualmente com o nome de LORD DIVINO.
 Esta Fraternidade cresceu no decorrer dos tempos; todos os cargos foram preenchidos por seres da Terra já evoluídos ou por alguns outros que, espontaneamente, resolveram ficar no planeta, a fim de cooperarem para o seu desenvolvimento.
A PERGUNTA QUE MUITOS FAZEM:  POR QUÊ  FRATERNIDADE BRANCA E NÃO AZUL, VERDE, ROSA AMARELA OU PRETA?

PORQUE BRANCO É O RESULTADO DA MISTURA DAS SETE CORES DO ARCO-ÍRIS, ISTO É, DOS SETE RAIOS!
SEGUNDO A SOCIEDADE TEOSÓFICA, A DENOMINAÇÃO DE BRANCA É UMA REFERÊNCIA Á LUZ BRANCA, CÓSMICA OU INCOLOR QUE CIRCUNDA O CORPO DOS MESTRES, COMO SE FOSSE A AURA.

As manifestações de Deus na natureza são tecidas no COSMOS  Espiritual/Material e através deste pelo Espírito Santo, cujos Filhos – conhecidos como os SENHORES DOS SETE RAIOS E o GRANDE SENHOR
no oriente são chamados de Sete chohans e de MAHA “CHOHAN”, seu hierarca.  

Estes Senhores, ou chohans juntamente com o Maha chohan ensinam as nossas almas a tornarem-se receptivas no meio das graças espirituais presente por toda parte.
Estes filhos, servos, (que estão) no céu, graduados da escola da Terra, foram  apresentados por Jesus há muitos anos.

“O MESTRE mencionou este entendimento sobre o CORPO UNIVERSAL DE CRISTO, e dera a Paulo para explicar-nos que, no céu é o mesmo CORPO que todos partilhamos como portadores de Luz.
PORTADOR DE LUZ: significa portador de CRISTO, aquele que transporta (em si mesmo) a Luz que é CRISTO, que assume a responsabilidade pela Cristicidade pessoal e alheia defendendo a Verdade e Honra de Deus; o que foi ungido com CONSCIÊNCIA CRÍSTICA e leva a todos a iluminação.

O portador de Luz é o GUARDIÃO DA CHAMA, cujo lema deverá ser (EU SOU O GUARDIÃO DA Luz que é CRISTO no meu irmão)
Na Terra, são anjos e MESTRES,  grandes espíritos semelhantes ao nosso, formando a essência anímica e dirigindo as forças cósmicas cada um deles  “encarnando” algum cargo ou função especial da atividade universal da  MENTE DE DEUS.

O SENHOR, mostrou-nos os seus emissários, que ensinam aos crentes na terra a senda da Cristicidade individual nos sete raios e nos sete chacras.

Um comentário:

  1. Muito bom o começo do blog, espero vir a saber sempre mais....

    ResponderExcluir